De autônoma e adaptativa: a próxima evolução das redes

Desenvolvimentos em inteligência artificial significam que provedores de serviços podem agora repensar suas operações para atingir uma automação fim-a-fim. No entanto, muitas operadoras não querem abrir mão do controle para sistemas que decidem suas próprias direções e removem humanos da equação. Elas querem que suas redes se tornem mais “adaptáveis” para responder a um cenário competitivo e às demandas dos clientes em constante mutação. Isso requer uma combinação coerente de processos operacionais, inteligência artificial e infraestrutura programável, tanto de controle humano quanto de supervisão automática.

Acesse esse relatório de Analysys Mason e contratado por Ciena, para perder o medo da automatização de sua rede com a utilização de novos mecanismos avançados como “Machine Learning” e Inteligência Artificial (IA). Porque não se trata simplesmente de automatizar a rede, mas de seja capaz de ajudar a operadora a adaptar-se às demandas de seus clientes, de forma rápida e efetiva.

comentário

  1. Avatar

    MUITO BOM

Faça uma pergunta

Senha perdida

Por favor, digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail. Você receberá um link para criar uma nova senha por email.

   

Os resultados serão divulgados

em Maio 2019

Colabore compartilhando seu conhecimento com o setor e o setor compartilhará com você

Enquete - IoT BRASIL SUMMIT 2019